Testosterona: Dr. Lucas Caseri aponta os sinais da baixa do hormônio e explica reposição

Testosterona: Dr. Lucas Caseri aponta os sinais da baixa do hormônio e explica reposição

Um hormônio determinante para qualidade de vida. A testosterona não tem a função apenas para ganhos estéticos. O principal hormônio masculino tem papel importante para várias funções do corpo e alguns sintomas podem indicar que ele está baixo e é preciso buscar um médico.

 

“Quando a produção de testosterona cai pelo envelhecimento, pelo uso de diferentes medicamentos ou por alguma doença isso pode comprometer seriamente a qualidade de vida por inúmeros fatores. O primeiro fator é a piora da composição corporal com uma perda de massa muscular e o acúmulo de gordura afetando não só o bem-estar relacionado à estética, mas a capacidade de fazer atividades físicas”, explica o médico do esporte Lucas Caseri.

 

Segundo o especialista, a testosterona também atua no cérebro, e outros sinais podem aparecer. Fadiga, humor mais depressivo, desânimo, falta de vontade de fazer atividades que sejam fora de casa, além da alteração do perfil de colesterol, provocando uma piora nesses pacientes.

 

Mas o médico destaca que um dos principais sintomas é a alteração da função sexual:

 

“A piora na frequência e na qualidade das ereções, na experiência da relação sexual e de orgasmos. Entre os sintomas mais característicos estão queixas sobre a diminuição das ereções matinais dos homens como as das ereções noturnas, a capacidade de ter relações ou de manter as ereções, falta de libido, e a falta de vontade de ter relações sexuais”.

 

LEIA MAIS: A Testosterona é Fundamental Para a Longevidade

 

Porém, ele ressalta que para alguns pacientes esses sintomas podem não ser importantes porque a vida sexual deles não é muito ativa ou não seja o objetivo.

 

Para superar esses problemas causados pela queda hormonal existe a reposição da testosterona, que traz muitos benefícios.

 

“Ela traz a melhora da disposição física, do ânimo, da capacidade de realizar atividades físicas pelo aumento da força pelo aumento da massa muscular, da libido, da cognição e do raciocínio”, explica Lucas Caseri ao ressaltar a melhora da vida sexual com esse tratamento.

 

“A melhora da vida sexual é a principal resultado e é quase totalmente contemplada quando é feita a reposição de testosterona”, destaca.

 

“Primeiramente é importante que seja feita uma boa entrevista médica em uma consulta para eliminar outros fatores que possam estar gerando esses sinais ou sintomas. Sejam sinais e sintomas físicos, psíquicos ou relacionados à função sexual. Alguns fatores como, por exemplo, o sedentarismo, sobrepeso, abuso de álcool, uso de alguns medicamentos psiquiátricos e falta de sono podem estar relacionados com esses sintomas. Então o médico vai ser capaz de eliminar outros fatores e conseguir dosar os exames para constatar que esses níveis estão baixos. Neste caso está indicado a reposição”, explica.

 

Dr. Lucas Caseri explica que existem os medicamentos por via oral em que o paciente toma um comprimido, aplicação subcutânea que são pequenas injeções e as aplicações intramusculares, geralmente no glúteo. Além disso, também existe a possibilidade de aplicações transdérmicas que são feitas no creme ou gel de testosterona.

 

“A modalidade escolhida vai depender da necessidade e da preferência desse paciente. Vamos supor um paciente com Alzheimer ou com comprometimento cognitivo. Dificilmente ele vai passar todos os dias na pele um creme. Então é melhor que ele utilize uma medicação que seja injetável e possa ser aplicada periodicamente”, diz.

 

Disponível em: Extra.globo.com

Está gostando do conteúdo? Compartilhe

Pesquisar

Postagens recentes

Gestrinona e Menopausa: Explorando a Incerteza Androgênica

Desvendando a Testosterona Baixa: Desafios na Menopausa Feminina

A relação entre hormônios e o envelhecimento

A relação entre hormônios e o envelhecimento

Oxandrolona é esteróide de mulher

Oxandrolona é esteróide de mulher?

hipogonadismo masculino

Tratamento do Hipogonadismo: Abordagem Prática

Hipogonadismo e Saúde Hormonal: Um Guia Completo

Hipogonadismo e Saúde Hormonal: Um Guia Completo

logo.png

Digital School Ltda. | Av do Contorno, 5823 sala 1005 - Belo Horizonte MG - Brasil | CNPJ: 32.532.108/0001-11

2024 © lucascaseri.com.br. Todos os Direitos Reservados.